Ficção (2)

Mostrando 193–204 de 204 resultados

Ordenar por:
  • img-book
    Til de José de Alencar R$ 9,90

    Publicado originalmente entre 1871 e 1872 em formato folhetim, o romance Til é ambientado em uma fazenda do interior paulista. Repleto de encontros e desencontros, a história se desenvolve entre quatro personagens: Berta, Linda, Miguel e Afonso. Casos amorosos e lirismo a todo instante revelam a trama social da época. Esta edição do romance Til inclui glossário com mais de 1.200 termos.

    A coleção CLÁSSICOS DA LITERATURA deseja tornar disponíveis obras representativas das literaturas de língua portuguesa. Leitores interessados, professores e estudantes encontrarão aqui textos cuidadosamente estabelecidos acompanhados de rico aparato crítico. Recurso essencial para a sala de aula ou para aqueles que desejam conhecer melhor nossa literatura, cada exemplar está organizado da seguinte maneira:

    1. Introdução ao autor e à obra.

    2. Texto estabelecido com base nas primeiras edições e em estudos recentes, com prefácios, posfácios e notas do autor.

    3. Análise crítica da obra.

    4. Glossário: dicionário eletrônico facilmente acessado por meio de um clique sobre as palavras do texto.

  • img-book
    Todas as mulheres em mim de Célia Musilli R$ 9,90

    Todas as mulheres em mim, de Celia Musilli, foi publicado originalmente, em 2010, pela Atrito Arte e Editora Kan, dentro do projeto Tríade. Nele, a autora assume múltiplas vozes abordando temas como o desejo, o amor, a ousadia de viver e se aventurar, com pausas de reflexão sobre a solidão e a morte.

    Todas as mulheres em mim é um recorte humano a partir do feminino em que a escrita assume um papel confidencial de um diálogo interno que transborda para os leitores. O livro traça um roteiro de impressões dividido em três partes: Paisagens Interiores; Paisagens Exteriores e Outras Paisagens. Intimista, dá voz à Ana, Joana, Alice e outras personagens fictícias que funcionam como alter ego da autora.

    O leitor desavisado é cooptado pela voz de suas personagens fictícias e levado para um passeio surrealista, num reino algo mágico, algo fantástico, para ser desbravado ali, dentro do seu livro.

  • img-book
    Transeunte de Marilda Jardim R$ 14,90

    A convivência com pessoas de várias partes do mundo pode ser considerada a razão principal para ter escrito “Transeunte” que pode ser visto como ficcional, se considerarmos que foi escrito por alguém do sexo feminino, mas trata-se de um relato feito em primeira pessoa por um transexual masculino. História real? Pouco importa.

    A empatia, mais que outro sentimento foi o que a levou a escrever sobre um assunto que até hoje é visto com reservas, por preconceito e ignorância.

    A autora não entra no mérito de definir cientificamente a transexualidade. Aqui trata-se simplesmente de mostrar o lado humano do personagem. Normalmente julgamos e condenamos tudo o que foge ao padrão da dita “normalidade”. Colocamos um rótulo na pessoa e a tratamos de acordo com esse rótulo. O número de suicídios e assassinatos de transexuais no mundo todo é alarmante. Em muitos países, e o Brasil felizmente esta incluído, realizam-se cirurgias para mudança de sexo, tal a seriedade do assunto.

    Este livro é dedicado a essas pessoas que carregam dentro de si esse estigma, mas também é dedicado àqueles outros que julgam, que desdenham, que maltratam, para que talvez possam repensar suas atitudes.

  • img-book
    Um bicho estranho de Bernardo Brayner R$ 1,99

    “Devo a César Aira a ideia de que os acidentes de memória criam todos os tipos de monstros. Às vezes lembramos algo que já não sabemos se aconteceu daquela maneira ou foi nossa imaginação que criou e preencheu as partes que estavam faltando com simulacros dos acontecimentos, como os dinossauros de Jurassic Park criados a partir de rãs. Assim é a nossa memória. Assim é a nossa vida.”

    Um viagem de carro, outra pela memória, o jogo da literatura a serviço da vida nesta exemplar narrativa de Bernardo Brayner.

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

  • img-book
    Um homem burro morreu de Rafael Sperling R$ 14,90

    “O escritor Rafael Sperling é sem noção, digo desde logo. Para você ter ideia, este Um homem burro morreu é seu segundo livro de contos. Isso mesmo, um livro de contos contemporâneo e brasileiro – onde já se viu? Todo mundo sabe que conto não vende, que quase ninguém lê conto nesse país e que são poucos os prêmios para contistas… Ainda assim, Sperling dá uma de criança travessa e vem com este livro. É mole? Não espere o realismo social, a autoficção e a exploração dos universos íntimos que predominam nas publicações atuais: além de sem noção, Sperling é abusado. Investe no experimentalismo e dialoga com as vanguardas dos anos 20 e 30. Em 27 narrativas breves, mistura sarcasmo com elementos grotescos e nonsense, embalados por uma linguagem coloquial que remete ao cinema, ao roteiro de TV, à publicidade, à dramaturgia, à musica e à poesia. Esse hibridismo de formas, por sinal, é marca de Sperling: o incauto leitor é conduzido por seu reino literário subterrâneo, onde há espaço de sobra para a ultra-violência, a sexualidade agressiva, o absurdo cotidiano e a aniquilação. Seja através de Caetano Veloso se preparando para atravessar uma rua do Leblon ou de histórias nada sutis contadas por uma babá, Rafael Sperling parte do normal, do ordinário para chegar ao seu bizarro universo simbólico, onde as ações despropositadas e aparentemente vazias de seus personagens ganham contornos de crítica social. A violência quase sempre está presente, provocando o leitor mais recatado. Rafael Sperling é um autor sem noção, abusado e provocativo. Por isso tudo, nesses tempos de mesmice, um autor necessário.” (Raphael Montes)

  • img-book
    Um mistério nos Electric Lady Studios de Cadão Volpato R$ 1,99

    “Nas primeiras horas da manhã de 24 de agosto de 1970, uma segunda-feira, Jimi Hendrix saiu dos estúdios Electric Lady, no Village, depois de uma noite exaustiva de gravações e reparos numa das últimas canções que deixaria para o futuro…”.

    Assim começa Um mistério nos Electric Lady Studios, de Cadão Volpato, um sensacional conto de um dos mais instigantes autores contemporâneos.

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

  • img-book
    Uma no mercado de Sérgio Fantini R$ 1,99

    Sérgio Fantini é um dos grandes contistas brasileiros contemporâneos, um verdadeiro ourives das formas breves. Uma no mercado é um claro exemplo de seu apuro técnico: num trajeto em um ônibus circular, o encontro de um casal de ex-namorados desperta memórias, esperanças, mas sobretudo, desejos.

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

  • img-book
    Uma trincheira entre o mar e os paralelepípedos de Jonathan Constantino R$ 9,90

    As apresentações são sempre de grandes dificuldades: pressupõem a mediação do outro sobre o objeto de forma escancarada, e com ele os juízos de valor, o gosto, a formação e a trajetória. Fica a encargo do outro, mostrar ou não, e quais e como são os cômodos da casa, o que vai pra debaixo do tapete e qual será o bibelô da mesinha de centro da sala.

    Não se pode negar a inevitável parcialidade que todos nós leitores temos, mas cá está tentando-se configurar a apresentação do presente livro. Dividido em seis distintas partes, basicamente ordenadas pelo próprio cotidiano e o esgarçar da vida atuam dentro daquilo que se denomina por novíssima literatura brasileira marcada pela presença dos elementos do cotidiano, abandono da pesquisa antropológica, produção individual, bem como a circulação em circuitos menores que abandonam, negam e debocham da “Sagração Acadêmica”, centrando-se no correr da própria vida, das relações e circunstancias.

    São os espólios do cotidiano, assinalados pelo próprio autor que se fazem presentes nas páginas a seguir: escrever e ser lido torna-se a experiência performática, o lançamento ao mundo, a sedimentação lírica da vida moderna que se projeta, se debate e se quer contínua. Já diziam os marujos que tatuavam andorinhas a cada mil léguas percorridas: al mare!

  • img-book
    Urbanos, humanos, estranhos… de Maria Prado de Oliveira R$ 9,90

    Lançado em papel no ano de 2011 e com a primeira edição esgotada, Urbanos, Humanos, Estranhos…, um livro de contos e livres comentários, foi a estreia literária da escritora Maria Prado de Oliveira, que também é atriz, produtora e gestora cultural, cuja formação acadêmica é em Filosofia.

    Os contos trazem um olhar crítico e irônico sobre a condição de normalidade dada a várias situações dos comportamentos de pessoas na vida urbana, acrescidos de comentários provocativos da autora sobre as histórias desses contos. Contudo, o humor cáustico da obra é temperado com ideias esperançosas sobre a urbanidade e o devir da humanidade. Várias singularidades de seres humanos, com as suas “estranhezas”, passeiam pelas páginas do livro: a sexualidade e solidão de uma mulher aposentada, um médico pop star dependente químico, um jornalista notório casado com uma senadora que posam de casal interfacial impoluto mas alimentam taras pedófilas, um filósofo traído pela esposa, um cantor famoso que esconde um filho das fãs, entre outras personagens, nos 13 contos do trabalho, todos com caricaturas assinadas pelo ilustrador Tielson Santos.

  • img-book
    Valentina de João Chiodini R$ 1,99

    “Pensei que meu nome era Filha. Afinal, nos acostumamos com as palavras dirigidas a nós. Leva um tempo até descobrirmos nosso verdadeiro nome. Demorou um pouco até eu compreender que Filha e Valentina significavam a mesma coisa.”

    João Chiodini constrói uma narrativa onde memória e dor misturam-se na velocidade de um choro infantil. Chiodini é um dos principais escritores catarinenses da nova geração, autor de “Delírio real de um amor imaginário” e cronista da Folha SC.

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

  • img-book
    Vidas passadas de Ivana Arruda Leite R$ 1,99

    “Quando Dario veio com a conversa de que a atração que sentia por mim era tão forte que só podia ser de outra encarnação, eu dei risada. Convenhamos, a cantada era imaginosa. Não costumo dar trela pra quem não conheço mas ele era tão bonitinho que não resisti:

    – Claro, eu fui sua mãe, lembra?”

    Assim começa Vidas passadas, mais um pulsante conto de Ivana Arruda Leite. A autora nasceu em 1951, em Araçatuba-SP. Publicou os seguintes livros de contos Histórias da mulher do fim do século (1997), Falo de Mulher (2002), Ao homem que não me quis (2005. Finalista do prêmio Jabuti). E também os romances Hotel novo mundo (2009. Finalista do prêmio São Paulo) e Alameda Santos (2010).

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

  • img-book
    Xodó de Marcelo Moutinho R$ 1,99

    A infância e o fim da ingenuidade, um recorte sobre a inequívoca distância entre a leveza e a crueldade do fim das primeiras ilusões.

    Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.