img-book
ISBN: 9788584742783

Peixe-elétrico #09

de Adriano Schwartz, Agnaldo Farias, Alessandra Martins Parente, Ana Paula Pacheco, Athos Morais Valverde Júnior, Ellen Maria Vasconcellos, Henrique Balbi, Isabela Cordeiro Lopes, Jean-Jacques Rousseau, Marcos Nobre, Mell Brites, Natalia Timerman, Paulo Avelino, Rafael Vaz de Souza, Tuca Vieira, Wilker Sousa,

O grande engodo – Marcos Nobre

O cientista político pensa a chegada da extrema-direita no mundo e no Brasil, os impasses das ciências humanas para entender a realidade atual, o esvaziamento da ideia de futuro e o papel das lutas identitárias em cenário de esgotamento democrático.

 

Olhar como construção – Agnaldo Farias e Tuca Vieira

O crítico e professor da FAU analisa o ensaio fotográfico Dead End, de Tuca Vieira, que ilustra esta edição da revista. Gentrificação e arquitetura são os termos principais do jogo do olhar entre o dado e o construído.

 

Cágado – Ana Paula Pacheco

Entra em cena o nonsense nessa comédia ligeira como tentativa de dar conta do momento Bolsonaro do país.

 

Freud como grão-burguês e o patriarcado na psicanálise – Alessandra Martins Parente

A psicanalista se debruça sobre o “Moisés” de Freud seguindo os passos de Walter Benjamin e Willy Haas em “De cidadão do mundo a grão-burguês”.

 

Ensaio sobre a origem das línguas –Jean-Jacques Rousseau

Nova tradução e na íntegra do ensaio clássico.

 

Dossiê Literatura – Adriano Schwartz

Organizado pelo professor de literatura contemporânea da USP, nove ensaios de jovens críticos tratam de diversas faces e questões da produção literária do pós-Segunda Guerra até hoje, no Brasil e no mundo. São eles: Athos Morais Valverde Júnior, Ellen Maria Vasconcellos, Henrique Balbi, Isabela Cordeiro Lopes, Mell Brites, Natalia Timerman, Paulo Avelino, Rafael Vaz de Souza e Wilker Sousa. Estudam, respectivamente: Ricardo Lísias, Ben Lerner, Tiago Ferro, Alejandro Zambra, Art Spiegelman, Karl Ove Knausgård,Juan José Saer,Ricardo Piglia e Georges Perec.

R$ 19,90

Ocultar
O grande engodo – Marcos Nobre O cientista político pensa a chegada da extrema-direita no mundo e no Brasil, os impasses das ciências humanas para entender a realidade atual, o esvaziamento da ideia de futuro e o papel das lutas identitárias em cenário de esgotamento democrático.   Olhar como construção – Agnaldo Farias e Tuca Vieira O crítico e professor da FAU analisa o ensaio fotográfico Dead End, de Tuca Vieira, que ilustra esta edição da revista. Gentrificação e arquitetura são os termos principais do jogo do olhar entre o dado e o construído.   Cágado – Ana Paula Pacheco Entra em cena o nonsense nessa comédia ligeira como tentativa de dar conta do momento Bolsonaro do país.   Freud como grão-burguês e o patriarcado na psicanálise – Alessandra Martins Parente A psicanalista se debruça sobre o “Moisés” de Freud seguindo os passos de Walter Benjamin e Willy Haas em “De cidadão do mundo a grão-burguês”.   Ensaio sobre a origem das línguas –Jean-Jacques Rousseau Nova tradução e na íntegra do ensaio clássico.   Dossiê Literatura – Adriano Schwartz Organizado pelo professor de literatura contemporânea da USP, nove ensaios de jovens críticos tratam de diversas faces e questões da produção literária do pós-Segunda Guerra até hoje, no Brasil e no mundo. São eles: Athos Morais Valverde Júnior, Ellen Maria Vasconcellos, Henrique Balbi, Isabela Cordeiro Lopes, Mell Brites, Natalia Timerman, Paulo Avelino, Rafael Vaz de Souza e Wilker Sousa. Estudam, respectivamente: Ricardo Lísias, Ben Lerner, Tiago Ferro, Alejandro Zambra, Art Spiegelman, Karl Ove Knausgård,Juan José Saer,Ricardo Piglia e Georges Perec.

ISBN: 9788584742783
Selo: Peixe-elétrico
Data de publicação: 2019
Páginas: 140

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade de São Paulo (1993), doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2003) e pós-doutorado pela Princeton University (2011). É professor de literatura contemporânea na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP e orientador no programa de pós-graduação em Teoria Literária e Literatura Comparada da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em teoria literária e literatura comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: teorias da ficção, relações entre autobiografia e ficção e romance contemporâneo.
1972
Ana Paula Pacheco é professora universitária na Universidade de São Paulo e escritora, autora de A casa deles. Publicou o ensaio Iracema, uma transa amazônica: Road movie de um ex-país interrompido na revista da e-galáxia Peixe-elétrico #05.
Marcos Nobre é professor do Departamento de Filosofia da Unicamp e pesquisador do Cebrap. É autor de É autor de Dialética negativa (1998), Teoria crítica (2004), Imobilismo em movimento (2-13) entre outros livros. Também atua como pesquisador do Cebrap, tendo publicado numerosos artigos na revista Novos Estudos.

“Peixe-elétrico #09”

Ainda não há avaliações de leitores para este título.