Twitter-960x539
Tuitando livros
Em 23 de abril de 2018 | 0 Comentários

O Twitter é um bom lugar para autores. Mas não tão bom assim para promoção de livros. Isso porque as ferramentas de campanhas pagas são pouco atraentes para verbas modestas. Elas também não oferecem o nível de controle que o Facebook hoje disponibiliza para quem quer gastar muito pouco mesmo. Pesquisei algumas campanhas de autores norte-americanos e a conclusão é sempre a mesma: gaste tempo no Twitter, não gaste dinheiro. E esta é uma rede que realmente exige tempo. Os usuários que conquistam boa quantidade de seguidores compartilham muitos tuítes por dia. É sem dúvida a melhor rede para se manter informado no calor da hora. E é por isso que ela demanda tanta dedicação. Apesar do algoritmo deles já ter sido alterado para destacar o que é relevante nos perfis, o Twitter ainda é a rede da atualização por excelência.

Isso explica por que ela tem sido usada por políticos em suas campanhas. Tudo aparece primeiro ali e, como sabemos, uma vez espalhado, para o bem e para o mal, fica difícil de contestar. E disso tiramos uma valiosa lição: cautela com o conteúdo. O Twitter estimula a exposição sem muito filtro. É prático, rápido e viciasteEntão, por favor tome cuidado com o que você vai tuitar, o estrago pode ser grande.

Mas voltando: por que então um autor deve estar no Twitter? Para complementar o trabalho institucional de sua carreira literária. Não vai ser a sua principal rede, mas vai ajudar a marcar presença, a dizer quem você é, o que pensa, do que gosta etc. E, claro, divulgar o seu trabalho.

Especialistas em Twitter recomendam a fórmula 20/80: 20% de conteúdo promocional de seus livros, 80% de assuntos gerais.

Para conquistar seguidores no Twitter, funciona uma certa etiqueta não-oficial que é retribuir quando alguém te segue. Você segue e é seguido. Então comece seguindo seus amigos de outras redes, autores que você admira e, por fim, seguidores desses autores. Dessa forma você vai criar boas conexões no seu universo cultural. Antes de seguir alguém, como em qualquer outra rede, é comum dar uma olhada no perfil da pessoa. Portanto, capriche na foto, na descrição sobre você e garanta que a sua página já tenha assuntos interessantes publicados para esse grupo que você deseja atrair. E prepare-se para tuitar!

Resumindo: esteja no Twitter. Será um complemento bom para a sua imagem de escritor e você ainda vai se divertir e ficar bem informado.

Um abraço,
Tiago Ferro

Se você gostou deste artigo, dê uma olhada nos nossos cursos gratuitos:

A construção da imagem de escritor

Encontre seus leitores