img-book
ISBN: 9788584740093

Só por hoje

de Alexandre Staut

“Veneno, Tião repetiu, sem convicção. Ele deslizou os dedos no pescoço, na altura do gogó, como que para dissipar uma espécie de travo amargo na garganta, lembrando-se, em seguida, de um livro que lera, a escritora sussurrando nos seus ouvidos: gosto dos venenos mais lentos; das bebidas mais fortes; dos cafés, os mais amargos (…) tenho um apetite feroz.”

Mais um conto exclusivo de um instigante autor contemporâneo. Alexandre Staut nasceu em Pinhal (1973). É autor dos romances “Jazz band na sala da gente” (2010) e “Um lugar para se perder” (2012); além do infantil “A vizinha e a andorinha” (2014).

Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

R$ 1,99

Ver lista de desejos
Ocultar
“Veneno, Tião repetiu, sem convicção. Ele deslizou os dedos no pescoço, na altura do gogó, como que para dissipar uma espécie de travo amargo na garganta, lembrando-se, em seguida, de um livro que lera, a escritora sussurrando nos seus ouvidos: gosto dos venenos mais lentos; das bebidas mais fortes; dos cafés, os mais amargos (...) tenho um apetite feroz.” Mais um conto exclusivo de um instigante autor contemporâneo. Alexandre Staut nasceu em Pinhal (1973). É autor dos romances “Jazz band na sala da gente” (2010) e “Um lugar para se perder” (2012); além do infantil “A vizinha e a andorinha” (2014). Formas Breves é um selo digital dedicado ao gênero conto. Seu único princípio é a qualidade. Com traduções diretas e exclusivas de grandes clássicos do conto universal ou com narrativas da nova geração de escritores em língua portuguesa, Formas breves é um ancoradouro desta galáxia chamada conto.

ISBN: 9788584740093
Selo: Formas Breves
Data de publicação: 2014
Páginas: 12
Organizador: Carlos Henrique Schroeder

Alexandre Staut nasceu em Pinhal (1973). É autor dos romances Jazz band na sala da gente (2010) e Um lugar para se perder (2012); além do infantil “A vizinha e a andorinha” (2014).

“Só por hoje”

Ainda não há avaliações de leitores para este título.